Social promove capacitação sobre a não violência contra as mulheres; tema é instituído hoje

0
169
O departamento de Promoção Social, juntamente com o Centro de Referência Especializado (Creas), promoveu capacitação em atendimento e encaminhamento à vítima de violência doméstica. A ação teve como objetivo memorar o Dia Internacional da não violência contra a mulher, expandindo e aprofundando o debate sobre violência contra mulheres em nossa sociedade.
Dia 25 de Novembro é o Dia Internacional da não violência contra as Mulheres, que foi instituído pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 1999. A data foi escolhida para homenagear as irmãs Mirabal – “Las Mariposas” (Pátria, Minerva e Maria Teresa), assassinadas pela ditadura de Leônidas Trujillo na República Dominicana.
A capacitação foi proporcionada à rede socioassistencial, enfatizando que o combate à violência contra a mulher exige ações integradas em diversos níveis, áreas e instâncias, além de implementações de políticas públicas. “É necessário debater e combater a violência contra a mulher em todos os lugares, nos círculos de convivência, no ambiente profissional e familiar, nas rodas de amigos”, falou a diretora de Promoção Social Social, Monica Machado Ijichi. “A capacitação é imprescindível na prevenção e combate a qualquer tipo de violência sofrida pela mulher”, completou Ijichi. O evento foi realizado na Câmara Municipal, no último dia 20.
“É importante ressaltar que na violência as mulheres se apresentam de muitas formas, não apenas física, mas qualquer conduta – ação ou omissão, discriminação, agressão ou coerção. A violência contra as mulheres é uma grave violação dos direitos humanos. Seu impacto varia entre conseqüências físicas, sexuais e mentais para as mulheres, incluindo a morte. Ela afeta negativamente o bem-estar geral das mulheres e as impede de participar plenamente na sociedade. A violência não tem consequências negativas somente para as mulheres, mas também para suas famílias”, disse a palestrante Ana Lucia de Souza Ghaname, delegada de polícia civil.
Abaixo os locais onde podem ser realizadas denúncias de violência contra a mulher:
Centro de Referência Especializado de Assistência Social – CREAS I – Telefone: 3701-5492
DISQUE 180

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, entre com seu comentário
Por favor, entre com o seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.