Ir para o conteúdo

Prefeitura de Mirandópolis - SP
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
ABR
05
05 ABR 2019
SOCIAL
Prefeitura e Governo de SP inauguram Centro de Convivência do Idoso
enviar para um amigo
receba notícias

Foi inaugurado na última quarta-feira (03 de abril) o Centro de Convivência do Idoso (CCI) do município. O evento contou com a presença da secretária estadual de Desenvolvimento Social de São Paulo Célia Parnes, além de autoridades locais e familiares da homenageada. O local levará o nome de Eunice Alves dos Santos Marcos.

O vice-prefeito José Antônio Rodrigues esteve no evento e representou a prefeita municipal Regina Mustafa, que se ausentou para uma convocação na Câmara Municipal. Outras autoridades locais marcaram presença como o vereador Wellington Brito, diretora de Promoção Social Mônica Machado Ijichi, diretora regional da Drads (Diretoria Regional de Assistência e Desenvolvimento Social) Martha Helena Pimenta e diretores de departamentos.

Em um discurso bastante emocionado, o filho de Eunice Alves dos Santos Marcos, o veterinário Afonso dos Santos Marcos, agradeceu em nome da família à prefeita Regina Mustafa pela homenagem e as demais autoridades. Ele lembrou das conquistas realizadas pela mãe, contribuições essas que marcaram e fizeram parte do desenvolvimento social da cidade (veja abaixo a história de vida da Eunice).

O vice-prefeito José Antônio Rodrigues disse que o município tem sido privilegiado ao receber uma obra como essa, que terá espaço para atividades que proporcionarão qualidade de vida aos idosos. “Com esse empreendimento, a prefeitura demonstra seu comprometimento às políticas públicas, aos direitos, à prevenção, à promoção e aos cuidados para com as pessoas idosas”, falou Rodrigues.

A secretária Célia Parnes se emocionou com as palavras do filho de Eunice Marcos. “Já lamento em não tê-la conhecido. Por tudo que foi dito aqui, mostra o quanto ela era uma mulher querida e comprometida com a causa social do município”, iniciou sua fala.

De acordo com a secretária Célia Parnes, a proposta do Governo de São Paulo é que todos os municípios paulistas tenham um serviço de assistência social direcionado a atender os idosos.

“O governador João Doria me confiou uma missão da qual muito me orgulho: a de olhar por quem mais precisa, das pessoas em situação de vulnerabilidade. E não importa o porte do município, não importa a distância que esteja do Palácio dos Bandeirantes, a Secretaria de Desenvolvimento Social irá alcançar todos os cidadãos do estado. E é justamente isso que estamos fazendo hoje aqui visitando os municípios de Sud Mennucci e Mirandópolis, na região de Araçatuba, para inaugurar novos Centros de Convivência dos Idosos do Governo de São Paulo”, disse Parnes.

Ao final do evento, as autoridades participaram do descerramento das placas e acompanharam as apresentações do projeto social Batucando na Comunidade e as dançarinas da melhor idade.

Sobre o CCI

O CCI – localizado na rua Rua Seime Sadano, 1.118, Centro – tem capacidade para atender 200 idosos, acima de 60 anos, e que estejam cadastrados no CadÚnico (Cadastro Único para Programas Sociais). Os interessados em se cadastrar devem procurar o departamento de Promoção Social, Cras ou o próprio CCI. O espaço contará com cinco funcionários sendo coordenador, assistente social, servente, orientador social e atendente.

O projeto visa oferecer serviço de convivência e fortalecimento de vínculos voltados à promoção de convivência saudável aos idosos e prevenção dos mesmos em situações de risco como abandono, violência e maus tratos.

O horário de atendimento será das 8 horas às 17 horas, de segunda a sexta-feira. Os idosos irão desenvolver diversas atividades voltadas à qualidade de vida como terapia ocupacional, alfabetização, jogos, palestras e cursos. Os trabalhos também serão realizados através de parcerias com os departamentos de Esporte, Cultura, Saúde e Educação da Prefeitura.

Haverá acompanhamento técnico de assistente social no intuito de trabalhar e viabilizar os direitos e acesso aos serviços essenciais para a pessoa idosa.

Sobre Eunice Alves dos Santos Marcos (informações da família)

Eunice Alves dos Santos Marcos, nasceu no Distrito de Comandante Arbues, hoje a cidade de Mirandópolis, em 10 de abril de 1938. Filha mais velha de Alípio Francisco dos Santos (falecido) e Antonia Alves dos Santos (falecida), família constituída por mais cinco irmãos, Zilda, Lourival, Aparecida, Edwander (falecido) e Jânio (falecido).

No dia 14 de janeiro de 1969 casou-se com Dr. Affonso Marcos Pintenho com quem teve quatro filhos: Affonso, médico veterinário, casado com Alessandra, Bacharel em Direito, residentes em Mirandópolis, pais da Júlia; Geórgia, casada com Márcio, ambos engenheiros químicos, residentes em São José dos Campos e pais do Arthur; Graziela, médica oftalmologista, residente em Mirandópolis, mãe da Maria Fernanda

Gilberto médico oftalmologista, casado com Priscila, enfermeira padrão, residentes na cidade de Itapuí, pais de Catarina e Betina.

Desde a infância já trabalhava, colaborando com o sustento da casa e dos irmãos em várias atividades e com pequenos rendimentos, aos 13 anos já ensinava corte e costura e foi funcionária da Comercial Gentil Moreira, Farmácia Drogacyti e Agência Chevrolet.

Na adolescência, ensinava catecismo, e tornou-se filha de Maria, mas estas atividades não atrapalharam seus estudos tendo concluído os estudos no Magistério.

No ano de 1955, após concluir o magistério e com 18 anos incompletos, foi convidada para trabalhar na Prefeitura Municipal de Mirandópolis, onde exerceu diversas funções, recebendo muitos elogios da Câmara Municipal, pelo seu desempenho, conforme publicações em jornais da época, onde trabalhou até 1969. Neste period foi colunista social do jornal, o Labor, de propriedade do Senhor Idanir Antônio Momesso.

Desde criança já gostava de ajudar a todos e apesar das dificuldades econômicas da família, já colaborava com a comunidade, quando aluna do Grupo Escolar de Mirandópolis, colaborou com ampliação da Escola, doando tijolos e quando da construção da Igreja Matriz, trabalhava como garçonete nas quermesses, colaborando para com a arrecadação de fundos.

Nos meados de 1971, participou dos Cursilhos de Cristandade e Encontro de Casais com Cristo e Bodas de Caná, curses estes despertaram de vez a sua vocação em ser voluntaria, prestando serviço em beneficio da comunidade.

Neste período passou também a ministrar cursos de noivos, cursos de batismo e em seguida com o professor Benedito Assuite, criou e coordenou o Encontro de Casais com Cristo, ajudando casais a resolver problemas e a desenvolver atividades cristãs. nos municípios de Mirandópolis, Bento de Abreu, Valparaíso e no Distrito de Amandaba, onde ministrava a palestra “AÇÃO E COMUNIDADE”, que levava os participantes a assumirem trabalhos voluntários na comunidade. Dentre estes trabalhos se destacaram:

Inicio dos Trabalhos da Sociedade de Proteção aos Menores de Mirandópolis — Casa da Criança, ocorrida em 1972, quando junto com assistentes sociais do Instituto Paulista de Promoção Humana e um grupo de cursilhistas e enfrentando certa oposição política, consegue colocar a mesma em funcionamento uma vez que a mesma já havia sido construída e equipada pelo Rotary Clube de Mirandópolis, mas continuava sem funcionamento, local onde prestou diversos serviços voluntaries.

Fundação da APAE - Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais, em 09 de junho de 1975, juntamente com seu esposo Dr. Affonso, outros 10 casais e mais duas assistentes sociais.

Na APAE não somente liderou a fundação, mas ocupou a presidência por duas vez, e diversos outros cargos na diretoria, permanecendo membro ativo desta até início dos anos 1990, e enquanto a saúde permitiu, prestou serviços gratuitos na Entidade.

Primeiro Leilão da APAE, juntamente com o grupo que fundou a entidade e mais alguns novos voluntarios, liderou a organização deste, que ocorreu no ano de 1979, completando 40 anos, e que até hoje e o principal evento de arrecadação da entidade, onde trabalhou como voluntária por mais de 15 anos consecutivos.

Na política, foi eleita vereadora para o quadriênio 1996 a 2000, quando exerceu o cargo de Primeira Secretária da Mesa Diretora, no quadriênio de 2000 a 2004, foi eleita primeira suplente de seu Partido, assumindo temporariamente o cargo por diversas vezes.

Como Vereadora, organizou diversos setores do serviço interno, que até hoje são utilizados, sempre leu, na integra, analisou e emendou, quando necessário, todos os projetos de lei encaminhados à Câmara Municipal, inclusive à Lei Orgânica do Município, corrigindo erros de impressão, de interpretação, e de caráter constitucional.

Ainda apresentou, várias indicações, visando melhorias na sede do município e seus distritos e também projetos de lei aprovados e promulgados onde se destacam:

Rebaixamento e desobstrução de calçadas, com a finalidade de melhores condições de vida à pessoa deficiente, crianças e idosos;

Controle de som de bares, boates e propagandas de rua;

Isenção a micros e pequenas empresas, com a finalidade da criação de empregos.

No aniversário da cidade, em 2005, recebeu o Título de Cidadã Mirandopolense da Câmara municipal pelos serviços prestados a comunidade durante sua vida, após este período se afastou das atividades voluntarias e políticas, se dedicando integramente somente a família e curtindo os netos, e por fim travou a luta contra a doença, que a levou deste mundo em março de 2010.

Seta
Versão do Sistema: 3.2.3 - 06/06/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia